terça-feira, 24 de abril de 2012

Terapia Capilar .

São inúmeras as causas de queda do cabelo, que vão desde fatores genéticos, metabólicos, nutricionais, hormonais até causas externas. Nos homens, a principal causa de queda de cabelo está relacionada à calvície genética. Nas mulheres, além da calvície genética, que acomete principalmente mulheres na menopausa ou com alterações hormonais, as principais causas estão relacionadas a deficiências nutricionais e vitamínicas, estresse e uso de medicamentos.
A Medicina Capilar é responsável pelo diagnóstico e tratamento das principais causas de queda de cabelo. Com modernas técnicas diagnósticas, como exames laboratoriais, análise estrutural do fio de cabelo e dermatoscopia do couro cabeludo, o médico determina a causa e a melhor estratégia de tratamento.
Um programa de reposição nutricional biomolecular e vitamínica, aliado a procedimentos médicos de oxigenação e recuperação estrutural do couro cabeludo, bulbo, papila e matriz capilar, como carboxiterapia, intradermoterapia e laserterapia capilar, promove um tratamento progressivo, seguro e eficaz. Mesmo nos casos de atrofia capilar, pode-se associar a medicina capilar às modernas técnicas de transplante folicular fio a fio.
Os tratamentos da Medicina Capilar
Carboxiterapia capilar – Aplicação injetável do gás CO2 que promove oxigenação e reestruturação anatômica do couro cabeludo, acelerando o processo de crescimento do fio.
Intradermoterapia capilar – Aplicação de medicamentos no couro cabeludo que nutrem e aceleram o crescimento capilar.
Laserterapia – A Fotobioestimulação capilar com LED é o tratamento do couro-cabeludo com uma fonte de luz que estimula a oxigenação e o crescimento capilar. Trata-se de uma série de tratamentos à base de processos fotoquímicos que não queimam nem provocam danos à pele. O paciente pode retornar às atividades normais tão logo termine a sessão. O processo inteiro dura de 20 a 30 minutos e os pacientes podem retornar à rotina normal sem nenhuma dor, vermelhidão ou descamação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário